jardim de parede

Não há mais desculpas! O jardim de parede é a solução perfeita para quem não tem espaço. Leia 5 curiosidades que vão fazer você criar o seu.

O jardim de parede está com tudo em cima, literalmente! Seja pela falta de espaço em ambientes cada vez menores ou pelo “simples” fato de ficar lindo em casas, apartamentos ou salas comerciais, ele é um arraso na decoração.

Considerado uma intervenção paisagística em que paredes externas ou internas são cobertas por plantas, pode ser feito em ambientes internos e externos ou ter um cantinho especial no banheiro (sim, no banheiro!).

Os locais são definidos de acordo com o seu gosto e disponibilidade de espaço. Por isso, separamos 5 coisas sobre o jardim de parede que você não sabia e que vai usar a partir de agora. Acompanhe!

1. Benefícios à saúde e ao ambiente

Plantas bem cuidadas representam mais saúde e um ambiente agradável! Mais umidade do ar, temperatura ambiente reduzida, reciclagem dos gases tóxicos e até a diminuição da poluição sonora são alguns dos principais benefícios do jardim de parede.

É claro que o tamanho do seu jardim de parede vai depender do espaço que você tem disponível e de não prejudicar o visual do ambiente. No entanto, especialistas afirmam que quanto maior for, mais benefícios poderão oferecer à saúde humana.

2. Versatilidade de locais

Se engana quem pensa que o jardim de parede pode estar apenas nas varandas e outras áreas externas. Como você já leu no começo do texto, até no banheiro dá para criar um.

Aposto que tem outros lugares que você nem imaginava. Confira:

  • Sala de TV ou de estar;
  • Área gourmet e salão de festas;
  • Cozinha;
  • Varanda e sacada;
  • Muro e divisória de terreno;
  • Recepção de hotéis, escritórios, clínicas de saúde, etc;
  • Fachada de prédios;
  • Banheiros;
  • Corredores;
  • Entre outros.

3. Cuidado na escolha das plantas

Muita gente escolhe as plantas para o jardim de parede levando em consideração apenas a beleza. É aí que o cuidado entra em ação! Têm plantas que podem pegar bastante sol, outras que devem ficar mais tempo à sombra e outras que precisam ser regadas com maior frequência. Só para citar alguns exemplos.

Por isso, pesquise sobre as melhores plantas para o ambiente em que você pretende inserir um jardim de parede. Não esqueça de verificar o tamanho delas e a quantidade de vento que vão (ou não) receber.

4. O uso de materiais recicláveis

Usar garrafas pet, pequenos vasos e até sapateiras podem ser utilizadas para criar um jardim de parede bonito e ecologicamente correto. Esses exemplos são ótimos porque ficam um pouco mais afastados da parede, o que evita a passagem de umidade e combate o forte calor urbano.

São duas ações em apenas um jardim de parede: você deixa o ambiente mais bonito e colabora com o meio ambiente!

5. Sistema de gotejamento ao jardim de parede

Um sistema eficiente para você não esquecer de regar as plantinhas é o gotejamento. O jardim de parede é regado com uma mangueira pequena perfurada, distribuindo as gotas na terra dos vasinhos. Desta forma, mantem-se a umidade do solo.

O sistema de gotejamento é usado, em sua maioria, nos projetos mais complexos, como em jardins onde há blocos pré-moldados ou peças de cerâmica fixadas na parede. Por este motivo, é indicado procurar um especialista para impermeabilizar a parede e fazer a instalação do sistema.

Agora que você sabe mais sobre o jardim de parede, que tal começar a pensar no seu? Em casas de madeira ficam ainda mais bonitos, pode apostar!

Curtiu o tema de hoje? Queremos ver o seu jardim de parede, hein! Continue acompanhando o nosso blog, temos muitos assuntos bacanas para tratar com você!

Construir ou não uma casa de madeira?

Nós temos super dicas que podem ajudar na sua decisão!

Nome:

E-mail:

Celular:

Cidade:

Você já possui residência?

Nos próximos 12 meses você prentende: